sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Minissérie: The Mill





SINOPSE

    A minissérie, baseada em fatos reais, se passa em plena revolução industrial, num cenário de luta pelos direitos trabalhistas. The Mill narra a triste trajetória de crianças órfãs vendidas para uma fábrica de tecido. Os donos da fábrica, seus tutores legais, teoricamente oferecem abrigo, comida e estudo em troca dos serviços das crianças, mas nem tudo é como parece, pois elas sofrem abusos de todos os tipos e vivem em condições precárias, além das péssimas condições de trabalho. As coisas começam a mudar quando um desenvolvedor de máquinas industriais é contratado pela fábrica para criar um novo modelo.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Informações Técnicas
Título no Brasil:  The Mill
Título Original:  Teh Mill
País de Origem:  Inglaterra
Gênero:  Drama
Tempo de Duração: 240 minutos
Ano de Lançamento:  2013
Estúdio/Distrib.: BBC



ELENCO



Connor Dempsey...Tommy Priestley (4 episodes, 2013)
Jamie Draven...Robert Greg (4 episodes, 2013)
Ciaran Griffiths...Matthew Boon (4 episodes, 2013)
Kerrie Hayes...Esther Price (4 episodes, 2013)
Holly Lucas...Susannah Catterall (4 episodes, 2013)
Barbara Marten...Hannah Greg (4 episodes, 2013)
Aidan McArdle...John Doherty (4 episodes, 2013)
Kevin McNally...Mr. Timperley (4 episodes, 2013)
Matthew McNulty...Daniel Bate (4 episodes, 2013)
Sacha Parkinson...Miriam (4 episodes, 2013)
Claire Rushbrook...Mrs. Timperley (4 episodes, 2013)
Donald Sumpter...Samuel Greg (4 episodes, 2013)
Conner Chapman...George Catterall (3 episodes, 2013)
Jack Meakin...Mill Apprentice (3 episodes, 2013)
Thomas Priestly...Noah (3 episodes, 2013)
Hugh Simon...Dr. Holland (3 episodes, 2013)
Katherine Rose Morley...Lucy Garner (3 episodes, 2013)
Craig Parkinson...Charlie Crout (2 episodes, 2013)
William Travis...The Beak (2 episodes, 2013)
Kaitlyn Hogg...Catherine / ... (2 episodes, 2013)
Nicholas Moss...Lister (2 episodes, 2013)
Darren Wilder...Mill Worker (2 episodes, 2013)


RESENHA




    The Mill é uma das séries mais tristes que já assisti. Retrata sem pudores todas as injustiças e abusos sofridos por crianças órfãs que trabalhavam em fábricas na Inglaterra do século XIX. O enredo mescla as histórias individuais de algumas das crianças e os fatos que afetam a todas, paralelamente à do personagem Daniel Bate, um desenvolvedor de máquinas industriais que representa a luta contra o sistema. A cada episódio, ficamos mais horrorizados com as maldades praticadas e, o fato de ser baseada em acontecimentos reais, nos deixa ainda mais chocados. É o tipo de série em que você fica com sede de justiça. A atriz que interpreta a órfã protagonista dá um show. O mais interessante é que no final, a série nos faz pensar no que realmente mudou daqueles tempos para hoje. Ficamos tristes quando percebemos que pouco mudou e que, tanto tempo depois, ainda existem pessoas trabalhando naquelas condições. Fotografia ótima, atuações brilhantes. Nota 10,00.


TRAILER


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou dessa postagem? Seus comentários são bem-vindos!

Web Analytics